Joomla project supported by everest poker review.

Countries / Angola 

 

 

Angola

 

Angola comprehensively

 

Bengo

Benguela

Bie

Cabinda

Cuando Cubango

Cuanza Norte

Cuanza Sul

Cunene

Huambo

Huila

Luanda

Lunda Norte

Lunda Sul

Malanje

Moxico

Namibe

Uige

Zaire

 line-pattern

 

 

 


 

 

 line-pattern

2014

COMPANHIA DE DANÇA CONTEMPORÂNEA DE ANGOLA
Mensagem do Dia Mundial da Dança

- Pensar a dança num contexto profissional -

Na qualidade de Membro do Conselho Internacional da Dança da UNESCO, a Companhia de Dança Contemporânea de Angola convida todos os amantes e praticantes da dança em Angola, à reflexão sobre a honestidade, a ética, o estudo e o profissionalismo como os caminhos certos para a elevação da qualidade artística.

O que terá levado a UNESCO a instituir, em 1982, o dia 29 de Abril como o Dia Mundial da Dança? Justamente o facto de ser a data de nascimento do coreógrafo francês Jean-Georges Noverre (1727-1810), o qual esta organização internacional reconheceu como o grande precursor da profissionalização da dança. Efectivamente, as reformas e premissas que estabeleceu na sua incontornável obra “Lettres sur la Danse et sur les ballets” (Cartas sobre a dança e sobre os ballets), determinaram transformações essenciais para que a dança conquistasse o estatuto de arte independente que conhece nos dias de hoje. Homem visionário e avançado para a sua época, defendeu ainda, nas suas Cartas, uma formação sólida e abrangente para bailarinos, professores de dança e coreógrafos.

Assim, e num tempo em que os avanços da ciência e da tecnologia nos apontam desafios constantes, a dança, enquanto área artística e de saber, conhece hoje novas propostas, novas metodologias, novas associações e a descoberta de novas possibilidades, contextos, formas e géneros que apenas um grande investimento na investigação, no estudo e na formação nos permitem acompanhar, fruir e participar.

Há muito que o bailarino e o coreógrafo deixaram de ser indivíduos curiosos, cuja acção era conduzida apenas pela habilidade e pela vontade de dançar, estando esta última, actualmente, circunscrita à sua condição recreativa em festas, discotecas e outros lugares de convívio social onde todos, sem excepção, gozam do direito de dançar, sem a existência de qualquer compromisso com um público espectador. De igual modo, o professor de dança é hoje respeitado, apenas se detentor de um saber académico adquirido e validado por instituições especializadas.

A nível mundial, é crescente a obrigatoriedade destas profissões serem reguladas por leis que determinam as condições da sua prática e actuação, sendo imprescindível a obtenção de um diploma que comprove a sua formação. Só assim, os seus praticantes vêm reconhecidos os seus direitos e obtêm o estatuto profissional que lhes permite exercer a sua actividade livremente.

Portanto, se numa sociedade como a nossa em que este processo está ainda em vias de se desenvolver, os seminários, os workshops e toda a sorte de acções que visam promover a dança e melhorar a qualidade do que actualmente se faz no país, possuem inegável valor, já que constituem uma fonte de conhecimento única.

Todavia, estas acções só merecem credibilidade se forem orientadas por profissionais de reconhecido nível técnico e maturidade artística. Por outro lado, é fundamental que exista a consciência de que procedimentos pontuais e dispersos nunca constituirão uma oportunidade de formação que prepare para a vida profissional, na área da dança. Não será excessivo relembrar que uma formação em dança dura entre seis e nove anos, num regime diário de grande exigência e rigidez.

Para nossa liberdade dancemos, dancemos sempre, mas com o cuidado e a modéstia de respeitarmos a evidência de que, para se ser um coreógrafo, um bailarino ou um professor de dança, há que estudar e cultivar a consciência de que só assim teremos crédito. Só assim a dança e os seus profissionais serão honrados com o respeito e dignidade que todos merecemos.

Saudações coreográficas!

CDC Angola

Luanda, 29 de Abril de 2013

CDC Angola - Foto Raul Boze

line-pattern

Oficina sobre Composição Coreográfica 

NOTA DE IMPRENSA 


No âmbito das acções de formação e superação artística, previstas pelo
Ministério da Cultura de Angola e no quadro das comemorações do Dia
Mundial da Dança, será realizada, entre 2 e 12 de Maio, na L.A.A.S.P., a
Oficina sobre Métodos de Composição Coreográfica na Dança Folclórica e
Contemporânea, em parceria com a Companhia de Dança Contemporânea de
Angola.
Com o objectivo de fornecer os princípios básicos técnicos e teóricos para
o incremento do nível de conhecimentos e de rigor necessários à prática da
dança, esta oficina visa, igualmente, desenvolver a capacidade de
assimilar diferentes técnicas de treino, métodos e pressupostos
teórico-práticos para o estímulo à criatividade em dança.
Para além de melhorar a prestação artística e técnica de todos os
participantes, esta Oficina irá também estimular a reflexão e a
sensibilidade estética, proporcionando-lhes o alargamento do seu olhar
sobre a dança, no que toca aos valores estéticos e culturais.
Dando a conhecer diversas linguagens técnicas e possibilidades criativas
desta expressão artística e ajudando a estabelecer os critérios do bom
gosto, a presente Oficina minimizará a ideia de que a dança apenas se
destina à recreação, uma vez que a apresentará enquanto área de saber e
produto de actividade intelectual.
A Oficina sobre Métodos de Composição Coreográfica na Dança Folclórica e
Contemporânea será orientada pelas professoras Ana Clara Guerra Marques -
Mestre em Performance Artística, Professora de dança e coreógrafa; Caridad
Morales Alderete - Licenciada em Teatrologia e Dramaturgia e Mestre em
Desenvolvimento Cultural - e Maritza Lopez Gonzalez - Professora de dança,
Licenciada em Arte da Dança com especialização em Dança Folclórica.

Luanda, 26 de Abril de 2012


Companhia de Dança Contemporânea de Angola
Tel: 00244 926569169
http://www.cdcangola.com/

 

line-pattern

 

 

Para assinalar o Dia Mundial da Dança, a CDC Angola organiza, em colaboração com a Galeria CELAMAR, uma tarde de partilha com todos os que estiverem interessados.
O programa é simples:
- Aula livre com os professores e os bailarinos da CDC Angola
- Projecção do documentário do realizador Jorge António "Outros Rituais
Mais ou Menos" sobre a Temporada 2009.
- Conversa aberta sobre a dança.

Vistam uma roupa confortável e venham comemorar com a CDC o Dia Mundial
da Dança!

Entrada livre!


Companhia de Dança Contemporânea de Angola
Tel: 00244 926091954
http://www.cdcangola.com/

 line-pattern 


 line-pattern

2011

A Companhia de Dança Contemporânea de Angola estreia no dia 29 de Abril
(Dia Mundial da Dança) a sua nova peça intitulada "O Homem que chorava
sumo de tomates", com coreografia de Ana Clara Guerra Marques.
Os figurinos de Nuno Guimarães; os textos são de Miguel Hurst e do
escritor e artista plástico Frederico Ningi que assina também os desenhos
do fundo cenográfico. As fotografias são de Rui Tavares. A criação vídeo é
da Geração 80 e as animações de Nelo Costa e Enzo Traça.
Nesta nova criação, a CDC Angola opta pelo teatro-dança, voltando à
crítica social para trabalhar sobre flagrantes e personagens do quotidiano
angolano, onde o humor ocupa um lugar especial.
"O Homem que chorava sumo de tomates" estará em cartaz no Nacional
Cine-Teatro (Chá de Caxinde), nos seguintes dias e horário:
Mês de Abril: dias 29 e 30 às 20.30H
Mês de Maio: dias 6, 7, 13, 14, 20 e 21 às 20.30H e dias 1, 8, 15 e 22 às
18.30H

Gabinete de Divulgação e Imagem da CDC Angola
Luanda, 23 de Abril de 2011

Companhia de Dança Contemporânea de Angola
Tel: 00244 926091954
http://www.cdcangola.com/
CDCAngola-CartazTemporada2011
 
 
 
 
 
 
 
 
 
line-pattern
 
 

Dance Day        يوم الرقص       Journée de la Danse       舞蹈日       Día de la Danza       День Танца 

a program of the International Dance Council CID at UNESCO
the official organization for Dance world wide
www.cid-portal.org    www.cid-world.org

Wednesday the 26th. Design by JoomlaTemplateMaker.